Sobre

A Dra. Roberta Pansera (CRM 27052) é formada em Dermatologia pela Universidade de Caxias do Sul – UCS. Suas principais áreas de atuação são cosmiatria – ciência que estuda a beleza humana –, estética e lasertearpia, proporcionando tratamentos e protocolos específicos para diferentes finalidades, mas com o objetivo único de promover saúde e bem-estar a seus pacientes.

Entre em contato

FIQUE POR DENTRO DO

UNIVERSO DA ESTÉTICA E BELEZA

Acne: o que é e qual o melhor tratamento?

Na imagem, uma jovem mulher de pele branca e olhos azuis está com uma toalha na cabeça. Ela toca seu rosto mostrando uma de suas acnes.
08 janeiro, 2021

A acne é considerada uma das doenças de pele mais comuns do mundo. Seu surgimento está diretamente ligado a questões hormonais, tanto em homens quanto em mulheres. Apesar de não ser uma patologia que apresente riscos à vida, o paciente deve procurar um dermatologista e iniciar um tratamento, a fim de evitar marcas permanentes pós-acne. Quer saber mais sobre esta doença? Leia o artigo que preparamos para você!

O que é acne?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a acne é a doença de pele mais comum na adolescência, atingindo milhões de pessoas todos os anos no País. Mesmo sendo recorrente na juventude, a acne pode surgir ao longo de toda vida.

De forma simplificada, a acne é uma doença proveniente da obstrução dos folículos pilosos (locais onde nascem os pelos) por conta de sebo e pele morta, associado à colonização de bactérias que infectam o local e o deixam inflamado.

Mesmo não apresentando nenhum tipo de risco à vida do paciente, esta patologia deve ser tratada para evitar que a pessoa desenvolva problemas graves de autoestima e descontentamento com sua imagem.

Geralmente a doença manifesta-se de através do surgimento de cravos e espinhas, mas em quadros mais graves, os sintomas contam com a aparição de lesões que cobrem grandes porções de pele. Caso não sejam tratadas corretamente, o paciente corre risco de ficar com marcas pelo resto da vida. 

Quais as causas da acne?

A causa principal da acne é o aumento na produção de hormônios sexuais durante a adolescência, tanto os andrógenos produzidos pelos homens (testosterona), quanto os estrógenos produzidos pelo organismo das mulheres (estrogênio). A elevação na produção destas substâncias ocorre na adolescência, por isso a doença é mais comum durante esta fase da vida.

Talvez lendo isso você tenha relacionado o surgimento de acne com o uso de esteroides. Quando uma pessoa faz a utilização destes hormônios em altas doses, um dos muitos efeitos colaterais é o surgimento de lesões acneicas.

Tipos de Acne

A medicina divide a acne em diversos tipos. Dentre os principais estão:

Acne neonatal:

Esta forma de acne ocorre em cerca de 20% dos recém nascidos. Normalmente ela se manifesta por conta de hormônios que o bebê recebe da mãe, ou ainda por causa do estresse do parto. As lesões desaparecem em pouco tempo.

Acne Infantil:

É uma manifestação da patologia em crianças de três a 16 meses. Normalmente ela desaparece por volta dos dois anos de idade e não deixa cicatrizes.

Acne Vulgar:

É a forma mais comum da doença. Ela se manifesta na adolescência por conta de uma grande elevação nos hormônios sexuais.

Acne Conglobata:

Seu surgimento é muito raro, mas geralmente se dá em homens jovens e é caracterizada por lesões graves. Muitas vezes, o paciente acaba ficando com marcas desta forma de acne.

Acne Fulminante:

Esta é a forma mais grave da conglobata. Ela geralmente manifesta-se no peito e costas. Pacientes com esta forma de acne sofrem com dor muscular, febre e até dor nos ossos.

Graus de acne

Acne Grau 1:

É a forma mais leve, onde o paciente apresenta apenas pequenos cravos.

Acne Grau 2:

Além dos cravos, neste grau da doença o paciente apresenta o surgimento de espinhas (pontos vermelhos e inflamados).

Acne Grau 3:

É quando a pessoa apresenta pápulas (lesões sólidas, elevadas e enrijecidas) com pus.

Acne Grau 4:

É a Acne Conglobata. Neste raro estágio, o paciente apresenta cistos, pápulas, pus e lesões que chegam a causar cicatrizes.

Acne Grau 5:

É o grau mais agressivo da doença, porém muito rara. Pacientes apresentam lesões que formam úlceras e complicações sistêmicas.

Tratamentos para acne

O tratamento para acne pode ser feito de muitas formas. O processo depende do tipo e grau da doença. Pacientes com quadros mais leves podem fazer o tratamento com cosméticos, peeling e outros produtos a base de ácidos específicos, indicados por um dermatologista.

Outras formas mais graves podem necessitar de alternativas mais incisivas e agressivas. A utilização de medicamentos fortes com isotretinoína, ou até mesmo a utilização técnica incisivas para redução de pus e inflamações.

Etherea MX® como método de tratamento

Uma grande opção para atenuação de quadros de acne ativa é o uso do Etherea MX®. A plataforma brasileira possui um modo de tratamento capaz de diminuir a acne. Através da emissão de laser de luz verde e vermelha, ele consegue eliminar as bactérias causadoras da inflamação.

Cada caso só pode ser tratado mediante a avaliação de um dermatologista.

Saiba mais sobre os principais assuntos do mundo da beleza, entre curiosidades, dicas e tratamentos. ?‍⚕

Em nosso blog, você conhece as principais técnicas e conteúdos exclusivos sobre protocolos, procedimentos e tecnologias, a fim de agregar mais informação, saúde e bem-estar! ?

icon-ig-sidebar-hover icon-fb-sidebar-hover

Buscar no blog

Assine a Newsletter

Um novo olhar em beleza e saúde

Um ambiente confortável e planejado para promover o equilíbrio entre a estética e a qualidade de vida.

Open chat