Sobre

A Dra. Roberta Pansera (CRM 27052) é formada em Dermatologia pela Universidade de Caxias do Sul – UCS. Suas principais áreas de atuação são cosmiatria – ciência que estuda a beleza humana –, estética e lasertearpia, proporcionando tratamentos e protocolos específicos para diferentes finalidades, mas com o objetivo único de promover saúde e bem-estar a seus pacientes.

Entre em contato

FIQUE POR DENTRO DO

UNIVERSO DA ESTÉTICA E BELEZA

Saiba tudo sobre dermatites

Na imagem, a metade direita do dorso de uma mulher branca está aparecendo, junto do braço do mesmo lado e a mão esquerda. A mão coça, usando as unhas, a porção do antebraço direito.
23 outubro, 2020

As dermatites são inflamações que ocorrem por diversas razões, desde alergia a determinadas substâncias ou objetos, até por conta de efeitos colaterais de remédios. Geralmente elas apresentam vermelhidão e coceiras na pele. Para saber mais sobre as dermatites, confira o artigo que preparamos!

O que é dermatite?

Dermatite é uma inflamação não contagiosa que pode surgir por diversas razões, em qualquer área do corpo. Elas manifestam-se por conta de alergia, efeitos colaterais ou ação de agentes externos.

Existem vários tipos de dermatites e cada uma apresenta algumas singularidades em relação às suas causas e sintomas. Contudo, dentre os sinais mais comuns, estão vermelhidão, coceira, descamação e pequenas bolhas. Alguns casos mais atípicos podem apresentar sensação de ardência e queimação na pele.

Tipos de dermatite

As dermatites podem ser classificadas em vários tipos, variando de acordo com as características sintomáticas que apresentam e regiões do corpo que atingem.

Dermatite de contato

Esta dermatite, como o próprio nome sugere, ocorre quando o indivíduo entra em contato com algum agente externo que causa irritação. Estes causadores podem ser produtos ou substâncias agressivas, como ácidos e produtos de limpeza. Dentre os sintomas mais comuns estão as erupções cutâneas e inchaço da pele.

Dermatite atópica

A dermatite atópica é considerada como doença crônica, podendo surgir em virtude de fatores genéticos, imunológicos e ambientais. Geralmente aparecem em dobras dos braços, joelhos e na virilha e são caracterizadas por lesões avermelhadas que geram coceira, formam crostas e descamam.

Dermatite seborreica

As causas para o surgimento desta dermatite são desconhecidas, mas sabe-se que está diretamente ligada com as glândulas sebáceas. Geralmente manifesta-se no couro cabeludo e no rosto, gerando manchas brancas, excesso de oleosidade, vermelhidão e coceira. Calor, umidade e roupas com tecidos que prejudicam a transpiração podem estimular o surgimento dessa dermatite.

Dermatite herpertiforme

Não há definição acerca das causas da dermatite herpertiforme, porém sabe-se que ela está ligada à intolerância ao glúten. Dentre os sintomas desta forma de dermatite estão o surgimento de pequenas bolhas causadoras de coceira e intensa sensação de queimação na área.

Dermatite ocre

A dermatite ocre é verificada em regiões do corpo onde há problemas de circulação de sangue. Dentre os sintomas, o mais recorrente é o de surgimento de manchas arroxeadas ou marrons, por conta do acúmulo sanguíneo.

Dermatite periorificial 

O surgimento desta dermatite é em virtude de disfunções da barreira epidérmica e o sistema imune da pele. A maioria dos casos é de mulheres entre 15 e 45 anos, mas ainda sim pode ser verificada em homens. Os sintomas são de erupções cutâneas ao redor da boca, nariz e olhos.

Diferença entre dermatite e psoríase

As dermatites e a psoríase contam com sintomas muito parecidos, gerando dúvidas nas pessoas. Contudo, as duas doenças possuem diferenças no tratamento e nas particularidades.

Quando marcas vermelhas que geram coceira e descamação surgem, o primeiro passo é buscar a orientação de um dermatologista. Ele é o único profissional apto a diagnosticar o problema na pele e prescrever um tratamento adequado para cada paciente.

Na maioria dos casos, a psoríase gera sensação de queimação intensa, ao contrário das dermatites, que não contam com este sintoma de forma acentuada.

Outra questão que difere ambas é no formato das erupções. Pacientes com psoríase possuem marcas que são visivelmente bem limitadas, enquanto aqueles que apresentam dermatites, verificam manchas menos demarcadas.

Tratamento de dermatites

Para definir o melhor protocolo de tratamento de dermatites, o paciente deve procurar um médico. Uma avaliação será feita para determinar qual a dermatite que atinge o paciente e qual a melhor maneira de aliviar os sintomas.

A partir do momento em que o quadro da dermatite estiver controlado, o paciente será aconselhado a manter alguns cuidados para prevenir o retorno dos sintomas.

Para evitar o surgimento de dermatites, recomenda-se manter uma alimentação balanceada, praticar atividades físicas, evitar banhos muito quentes e longos e usar luvas ao manusear produtos de limpeza e outras substâncias que podem causar reações na pele.

Saiba mais sobre os principais assuntos do mundo da beleza, entre curiosidades, dicas e tratamentos. ?‍⚕

Em nosso blog, você conhece as principais técnicas e conteúdos exclusivos sobre protocolos, procedimentos e tecnologias, a fim de agregar mais informação, saúde e bem-estar! ?

icon-ig-sidebar-hover icon-fb-sidebar-hover

Buscar no blog

Assine a Newsletter

Um novo olhar em beleza e saúde

Um ambiente confortável e planejado para promover o equilíbrio entre a estética e a qualidade de vida.

Open chat